Cursos de Inverno da FFLCH

Cursos de Inverno On-line da FFLCH 2020

Comissão de Cultura e Extensão oferece, entre os dias 27 de julho e 07 de agosto de 2020, a segunda edição do “Cursos de Inverno da FFLCH”. 

A iniciativa conta com 70 cursos on-line e tem por objetivo oferecer novas oportunidades de formação neste momento de crise. 

Serão oferecidas cerca de 4.075 vagas gratuitas.

Obrigado a todos os envolvidos na construção deste projeto de extensão universitária, elo fundamental entre a produção do conhecimento e a sociedade.

Em especial, agradecemos o apoio de Renata Market e Yuri Tavares Rocha.
 

Danilo Ferreira e Julio Inhasz
Organizadores

 

Clique abaixo para abrir a programação por área temática: (ATENÇÃO: VAGAS ESGOTADAS)

Literatura

Teoria, política e sociedade

Estudos filosóficos, históricos e geográficos

Estudos linguísticos/ Tradução

Temas feministas/ Questões de gênero

 

Matrícula On-line: http://sce.fflch.usp.br/matricula-para-os-cursos-de-inverno-line-da-fflch

Atenção:

  • A matrícula é realizada pela parte "pública" do sistema. NÃO É PRECISO LOGAR.
  • O curso aparecerá no Sistema Apolo somente na data de matrícula indicada.
  • Após a confirmação de matrícula pelo sistema, não é preciso entrar em contato com a secretaria ou enviar documentos adicionais.
  • As vagas são limitadas.
  • Qualquer pessoa pode fazer a matrícula, aluno da USP ou não.
  • O Sistema Apolo é gerenciado pela Reitoria. Não temos como dar suporte técnico a eventuais problemas de acesso ao sistema. 
  • Para este evento NÃO HAVERÁ listas de espera ou matrículas posteriores. 
  • Recomendamos que o aluno não faça matrícula sem a certeza de que irá cursar as aulas. Não tire a oportunidade de outro interessado! 
  • Após a matrícula, os ministrantes entrarão em contato por e-mail com os alunos matriculados.
  • Todos os aprovados (75% de frequência mínima) terão certificados.
  • O CURSO HARRY POTTER: CAMINHOS INTERPRETATIVOS CONTINUA COM AS MATRÍCULAS SUSPENSAS 
  • O curso A cidade-crônica: São Paulo entre a literatura e o jornalismo no início do século XX, foi cancelado a pedido do ministrante.