Gêneros do Discurso no Ensino de Língua Portuguesa

1.Teorias da língua/ linguagem e dos gêneros do discurso: algumas definições 

2.Gênero do discurso nas diferentes esferas de circulação: jornalística; publicitária; científica; artística 

3.Materiais didáticos: critérios de avaliação e parâmetros de elaboração de unidades didáticas 

4.Práticas de produção oral e escrita: uma abordagem enunciativa 

5.Práticas de análise linguística em diferentes textos: ensino de gramática numa abordagem linguístico-discursiva 



Bibliografia 

BAKHTIN, Mikhail M. (2003) Os gêneros do discurso. In. Estética da criação verbal. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, p. 261-306. 

_____. (1997[1963]) Problemas da Poética de Dostoiévski. Trad. Paulo Bezerra 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária. 

BRAIT, Beth (Org). (2005) Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto. 

______. (2006) Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto. 

BRANDÃO, H.N. (org) Gêneros do discurso na escola. São Paulo: Cortez, 2000. 

BUNZEN, C. (2005) Livros didáticos de língua portuguesa: um gênero específico do discurso. Dissertação de mestrado IEL/Unicamp. 

BUNZEN, C. & MENDONÇA, M. (2006) Português no ensino médio e formação do professor. São Paulo: Parábola. 

BUNZEN, C. (2007) Reapresentação de objetos de ensino em livros didáticos de língua portuguesa: um estudo exploratório. In. SIGNORINI, I. (org.) Significados da inovação no ensino de língua portuguesa e na formação de professores. Campinas: Mercado de Letras, p. 79-108. 

CEREJA, W. (2005) Ensino de literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com literatura. São Paulo: Atual. 

CLARK, K.; HOLQUIST, M. (1998). Mikhail Bakhtin. Trad. J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva. 

COSTA VAL, M. G. (2003) A produção de textos em livros didáticos de 5a a 8a séries do Ensino Fundamental. In A. A. G. Batista & R. H. R. Rojo (orgs) Livro Didático de Língua Portuguesa, Letramento e Cultura da Escrita, p. 125-152. Campinas: Mercado de Letras, Coleção Faces da Lingüística Aplicada, LAEL/PUC-SP. 

________& MARCUSCHI, Beth (Orgs.) (2005) Livro didático de Língua Portuguesa: letramento, inclusão e cidadania. Belo Horizonte: CEALE/Autêntica. 

DIONÍSIO, A.P. & BEZERRA, M.A. (2003) O livro didático de português: múltiplos olhares. Rio de Janeiro: Lucerna. 

FARACO, C.A.; TEZZA, C.; CASTRO, G. de (2006) Vinte ensaios sobre Mikhail Bakhtin. Petrópolis: Vozes. 

FÁVERO, L. L.; ANDRADE, M. L. C. V. O.; AQUINO, Z. G. O. (2005) Oralidade e escrita: perspectivas para o ensino de língua materna. 5 ed. São Paulo: Cortez. 

GRILLO, S.V.C. (2004) A produção do real em gêneros do jornal impresso. São Paulo: Humanitas/Fapesp. 

______. (2008a) Gêneros primários e gêneros secundários no círculo de Bakhtin: implicações para a divulgação científica. Alfa, vol. 52, ILCSE/UNESP. p. 57-79 

______. (2008b)Linguistique des genres: le projet de Bakhtine et ses perspectives contemporaines. Linx (Revue des linguistes de l’Université de Paris X) n. 56, Nanterre. 

PAIVA, A. et alli. (2003) Literatura e letramento: espaços, suportes e interfaces. O jogo do livro. Belo Horizonte: Autêntica. 

_____________. (2005) Leituras literárias: discursos transitivos. Col. Literatura e educação. Belo Horizonte: Ceale, Autêntica. 

RODRIGUES, R.H. Os gêneros do discurso na perspectiva dialógica da linguagem: a abordagem do Círculo de Bakhtin. In: MEURER, J.L. et al. (Ed.). Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo: Parábola, 2005. p. 152-183. 

ROJO, R. (2001a) Letramento escolar, oralidade e escrita em sala de aula: Diferentes modalidades ou gêneros do discurso? In: I. Signorini (org.) Investigando a relação oral/escrito e as teorias do letramento, pp. 51-74. Campinas: Mercado de Letras. 

_________ (2001b) Teoria dos Gêneros em Bakhtin: Construindo uma perspectiva enunciativa para o ensino de compreensão e produção de textos na escola. In. BRAIT, B (org.) Estudos Enunciativos no Brasil: História e Perspectivas. Campinas: Pontes. 

________ (2005) Gêneros do discurso e gêneros textuais: questões teóricas e aplicadas. In: MEURER, J.L. et al. (Ed.). Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo: Parábola, 2005. p. 184-207. 

SOARES, M. Português na escola: história de uma disciplina curricular. In: BAGNO, M. (Ed.). Linguística da norma. São Paulo: Loyola, 2002. p. 155-177. 

SOUZA, Geraldo Tadeu. (1999) Introdução à teoria do enunciado concreto do círculo Bakhtin/Volochinov/Medvedev.São Paulo: Humanitas. 

______. “Gêneros discursivos em Marxismo e Filosofia da Linguagem”, In: SOUZA-E-SILVA, C.; BRAIT, Beth (Dir.), The Especialist, São Paulo, vol. 24, p. 185-202, especial. 

______. (2002) A construção da metalingüística (fragmentos de uma ciência da linguagem na obra de Bakhtin e seu círculo). 175 p. Tese (Doutorado em Lingüística). Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo. 

VOLOCHINOV/BAKHTIN. (1992[1929]) Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. do francês Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 7. ed. São Paulo: Hucitec.